Melhor Código

Junte-se a uma equipe de desenvolvedores incríveis. Deixe seu e-mail e receba ajuda, artigos e dicas (exclusivas)!

Como Aprender a Programar de Forma Rápida e Eficaz

Seja no início quando estamos aprendendo a programar ou quando já temos certa experiência, mas precisamos aprender uma linguagem nova, é meio complicado saber quais passos tomar para se aprender a programar de uma forma que seja realmente eficaz

Por isso resolvi gravar esse hangout para compartilhar algumas dicas que me ajudaram no início da minha jornada como programador.

Espero que seja de grande ajuda para você!

Esse é o primeiro de muitos que estou planejando gravar, então para participar do próximo hangout, não perder nenhum novidade e receber conteúdos exclusivos, faça parte da equipe do Melhor Código deixando seu email aqui.

É isso, vamos direto ao ponto!

 

Vídeo

Se increva no meu canal… =]

Qual a Melhor Linguagem de Programação?

Quando eu era criança, se eu quisesse jogar vídeo game eu tinha que escolher um dentre os dois grandes consoles da época: Super Nintendo ou Mega Drive. Era a chamada batalha dos consoles, que já tinha se iniciado alguns anos antes, mas ficou ferrenha mesmo com a chegada dos consoles de 16 bits, tanto que mesmo que você tivesse dinheiro pra comprar os dois consoles, você tinha que escolher um e dizer que aquele era o melhor. Hoje ainda acontece algo parecido entre os consoles da Microsoft e da Sony, mas não com a mesma proporção de antes.

Você que faz algum curso na área de computação, ou apenas gosta de programar, certamente já deve ter tido contato com esse tipo de guerra e provavelmente já deve ter percebido que ela vai além de consoles, entrando em outras áreas como no campo das linguagens de programação.

Qual será melhor linguagem de programação?

Qual será a melhor linguagem de programação?

Você é mesmo um programador, ou apenas um bom “googler”?

Logo quando eu entrei no meu emprego atual, aconteceu uma situação interessante. Meu colega precisava de uma solução para finalizar o código de um projeto que estava com o prazo terminando. Como não encontrava nada, ele pediu um help para o restante da equipe. Depois de explicado o que estava acontecendo, todos nós viramos para os nossos respectivos computadores em busca da tal solução, quando eu estava prestes a procurar no Google, a resposta me veio a cabeça e eu fui o primeiro a levantar e dizer:
– Cara, por que tu não faz isso desse jeito aqui? (E expliquei minha solução)
E o pessoal ficou surpreso com a rapidez, outro colega até falou:
– Tu viu isso StackOverflow não foi?
Eu respondi inocentemente:
– Não cara, eu só pensei um pouco (minha reação na hora)

Pra quê que eu fui falar isso? Foi difícil fazer o povo esquecer o bordão e eu ouvi muito coisas do tipo:
– Ah tá com problema? Fala pro Jessé que é só ele pensar um pouco e pronto kkkkkk

Tá, tirando esse momento épico, como a grande maioria dos leitores deste blog, eu uso o Google diariamente, o que me enquadra em uma das definições de “googler”:

Um regular ou habitual usuário do sistema de buscas do Google (via Wiktionary traduzido por mim. Também pode significar um funcionário do Google, mas eu gostaria de focar nessa definição mesmo aí)

Googler, é você?

Googler, é você?

Hello world!!

Você lembra das primeiras linhas de código que escreveu? Seja seguindo um livro, lendo um artigo, ou através de um curso, pra quem está iniciando é sempre apresentada a simples tarefa de exibir na tela essa frase: “Hello world!”

Você lembra a última vez que usou essa frase?

Você lembra a última vez que usou essa frase?